10 MANDAMENTOS DO CATEQUISTA SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS!

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

São 10 os Mandamentos Bíblicos que aprendemos e ensinamos aos nossos catequizandos. E todos são encontrados nas Sagradas Escrituras (Êxodo 20,3-17).

Eles são a base da nossa fé e nos ajudam a conduzir nossas condutas na caminhada. Porém, para nós catequistas, discípulos e missionários do Senhor, alguns ensinamentos são de extrema importância e precisamos observá-los com mais atenção. Mas tem também outros “mandamentos” que nos farão catequistas melhores e mais preparados, verdadeiros seguidores do Cristo para melhorar nossa catequese também pelo exemplo. Acima de tudo, são eles que educam e nos ensinam a sermos Sal da Terra e Luz do Mundo, catequistas segundo o coração de Deus.

Por que, então, não termos os 10 mandamentos do catequista?  Pensando nisso, poderíamos observar alguns pontos que são de extrema importância em nossa missão e fazer deles nossos mandamentos:

  

1º. Assuma seu compromisso com Deus, verdadeiramente!

Em primeiro lugar, a missão de ser catequista não é um convite de alguém, é um chamado de Deus. Assuma com maior carinho e compromisso.

2º. Sorria sempre, de coração!

Mesmo nos piores dias não devemos esquecer que esta Missão deve ser realizada com a alegria de quem acredita que “onde estiverem dois ou três reunidos em Meu nome, Eu estou no meio deles” (Mt 18, 20). Catequista apresenta Jesus e Jesu é alegria plena. Gentileza gera gentileza!

3º. Seja corajoso(a) e forte, enfrente suas dificuldades já!

Assuma uma “teimosia” saudável típica de quem não desiste ao primeiro problema, pois estar com crianças e jovens exige muita paciência e vontade. E também persistência. Portanto, se você não fizer nada, nada mudará!

4º. Seja amigo(a), sem falsidades!

Procure nos outros o apoio que precisa e ofereça uma ajuda especial aos seus irmãos catequistas. Você não é melhor que ninguém e juntos fazemos mais e melhor!

5º. Esteja sempre em formação!

Não se esqueça que a Igreja Católica deve ser a sua orientação para se sentir preparado nas dúvidas e nos desafios que se colocam no caminho de um catequista. Em outras palavras, estude aquilo que a Igreja ensina como nos seus documentos e diretórios. A CNBB é a principal referencia com seus documentos e as editoras católicas com suas publicações, como a Loyola com o Catecismo da Igreja Católica. Entretanto, também é importante você se capacitar participando de eventos que prepara o catequista para desenvolver melhor sua Missão. Deus nos chama, o Espírito Santo nos inspira, mas somos nós que nos preparamos melhor.

6º. Seja imagem de Jesus!

Não se esqueça: A vida existe além da catequese e muitos se espelham em você e seguem os seus conselhos e opiniões. Seja sempre catequista!

7º.  Ajude com humildade!

Ser catequista é fazer parte de um grupo e de uma comunidade. Sendo assim, seja disponível para participar nas reuniões e para ajudar quando te pedem.

8º. Alimente a tua Fé!

Para viver na Fé precisamos nos alimentar. A oração, a Eucaristia e a confissão nos ajudam a alimentar nossa Fé e Crer no que fazemos. Em resumo, reze, comungue e confesse regularmente!

9º. Tenha fé e acredite em Deus!      

Quando tiver dúvida sobre a sua Missão acredite que Deus te guiará. No entanto, Reze e  aguarde serenamente que Ele te orientará. Acredite nisso!

10º. Evangelize!

 

Primeiramente, não se esqueça que és instrumento nas mãos de Deus. Ele conta contigo para esta Missão audaz de levar a Sua Palavra a estas novas gerações. Contudo, seja melhor a cada dia, dentro e fora da catequese.

Seguir essas 10 dicas é uma maneira de se tornar um verdadeiro catequista e ser aquele(a) que faz por amor, se dedica e se entrega inteiramente ao serviço do Reino. Todo(a) catequista deve ter a meta de levar todos os catequizandos a receber o abraço carinhoso de Deus e, através dele, ser sinal do Amor entre os irmãos. Dessa forma, sigamos no caminho do Senhor com os olhos fixos em Cristo e agindo como Ele age, amando como Ele ama e servindo os irmãos por vocação e chamado, não esperando nada em conta e se preparando sempre.

Autor: Douglas Reis – Catequista da Arquidiocese de Aparecida – www.catequistasbrasil.com.br
Pin It